Anabolizante coloca todo o organismo em risco

Problemas cardíacos podem ser acentuados em viagens aéreas
24 de julho de 2016
Dieta saudável e exercícios físicos são prioridade na prevenção de doenças cardiovasculares
24 de agosto de 2016

Anabolizante coloca todo o organismo em risco

Contendo hormônios testosterona e seus derivados, os anabolizantes são esteroides anabólico-androgênicos usados para aumenta massa muscular, força, desempenho na prática de exercícios físicos e aparência física. À priori, são produtos de uso medicinal, indicados em casos de pacientes debilitados por causas conhecidas ou com deficiências passíveis de recuperação. A ANVISA orienta seu suo controlado, a fim de evitar uso indevido.

Entre quatro e seus semanas as ações danosas ao organismo começam a aparecer – entretanto, quando injetado ou em doses elevadíssimas, seu efeito é mais rápido e potencialmente fatal. Por exemplo, aplicações diretas nos músculos para hipertrofiá-los pode levar a amputações dos membros.

Já no coração seus reflexos são clássicos: a hipertrofia cardíaca, que permanece até um ano após desuso, rapidamente causa perda da força de contração do coração, na maioria das vezes irreversível, desenvolvendo a “insuficiência cardíaca do anabolizado”.

 
 

Além disso, os níveis de pressão arterial se elevam constantemente, provocando lesões renais graves. Também ocorre grave alteração das paredes dos vasos sanguíneos, que produzem óxido nítrico e enzimas, para proteger e retardar o aparecimento da aterosclerose. Infelizmente, o colesterol ruim (LDL) eleva-se perigosamente, atingindo níveis acima de 200 mg% enquanto o bom (HDL) cai abaixo de 15 mg%. O triglicérides se eleva acima de 250 mg%.

Os mecanismos metabólicos de coagulação do sangue se desorganizam, elevando o risco de trombose em todo o organismo. Não somente, os órgãos sexuais masculinos sofrem atrofia e impotência por parada da produção de espermatozoides; nas mulheres irá ocorrer masculinização progressiva.

Se seu objetivo é ganhar músculos, procure um especialista em medicina do esporte, capaz de orientar corretamente a melhor forma de evitar complicações ortopédicas. O uso indiscriminado de anabolizantes expõe o organismo a sérios riscos.


1 Comentário

  1. Fernando disse:

    É o que sempre digo aos meus alunos, não adianta tentar métodos duvidosos para a hipertrofia muscular, o melhor caminho é ter o conhecimento certo e poder ganhar massa muscular sem prejudicar sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *