Como deve ser o consumo de chás?

post-img
Insatisfação no trabalho pode causar prejuízos físicos e emocionais
3 de novembro de 2016
post-img
Dicas para quem quer aderir ao vegetarianismo
5 de dezembro de 2016

Como deve ser o consumo de chás?

cha

Conhecidos por suas ações calmantes e medicinais, os chás podem desencadear efeitos colaterais quando consumidos excessivamente. De acordo com pesquisa feita pela Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, a ingestão diária de qualquer quantidade de chá aumenta em 40% o risco de desenvolvimento de artrite reumatoide – distúrbio inflamatório que prejudica várias articulações.

O chá verde é antioxidante e auxilia no emagrecimento; porém, apresenta ressalvas quanto aos benefícios. Em detrimento à imensa quantidade de nutrientes que oferece – como manganês, vitamina C, ácido fólico, vitamina B1, vitamina B2 e potássio –, em grandes quantidades, prejudica a mucosa gástrica, causando dores de estômago em pessoas pré-dispostas. Além disso, durante a gravidez, mulheres devem evitar o consumo ou limitá-lo a duas xícaras por dia, já que a ingestão eleva o risco de aborto.

Já o chá preto, apesar de ser benéfico à saúde cardiovascular, à pele, ao cabelo, aos ossos e ajudar na prevenção do câncer, pode causar problemas renais quando consumido abusivamente. Para que seja plenamente aproveitado, especialistas recomendam que não se ultrapasse quatro xícaras diárias destas bebidas.

É importante estar alerta à forma de preparo, cuidando para que a água não ferva e atentando-se ao tempo de infusão recomendado a cada tipo de chá. O ideal é que se consuma logo após o preparo, porém, podem ser mantidos por até 24 horas na geladeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *