Sangramentos anormais: fique atenta!
21 de fevereiro de 2019
A importância da ultrassonografia na gravidez
28 de fevereiro de 2019

Gravidez saudável no verão

Toda mulher grávida necessita de uma série de cuidados para que tanto a saúde dela quanto a do bebê não seja prejudicada. No verão, devido ao calor excessivo, algumas recomendações merecem atenção especial. Conforme dr. Corintio Mariani Neto, diretor FEBRASGO, o desconforto da gravidez costuma ser muito acentuado durante esta estação do ano, porém, há formas de amenizá-lo.

Evitar o aumento de peso além dos 12 quilos recomendados; frequentar sempre lugares arejados, e manter também a própria casa bem ventilada; ingerir bastante líquido, tendo sempre à mão uma garrafa de água; e proteger a cabeça do sol com um boné ou chapéu são algumas orientações úteis para o bem-estar da gestante”, afirma ele.

O principal risco nestes ambientes de calor excessivo e abafados é a queda de pressão.

Outra ocorrência frequente é o inchaço nos pés e pernas, que pode ser abrandado permanecendo com as pernas elevadas, na horizontal, sempre que possível. Em caso de inchaço nos dedos das mãos, a grávida deve remover anéis, pulseiras e a aliança assim que perceber o desconforto.

De olho no guarda-roupa

As gestantes também devem se atentar para as roupas usadas no decorrer da gravidez. Peças arejadas e confortáveis, de preferência de algodão, são sempre a melhor pedida. É importante também usar sempre sutiã, para oferecer o apoio adequado para os seios, prevenindo dores nas costas. Os sapatos são um item importantíssimo, e além de confortáveis, sempre baixos.

Estes calçados podem evitar quedas, também prováveis e bastante perigosas na gestação. Nesta fase, conforme a barriga cresce, ela altera o centro de gravidade da mulher, que pode perder o equilíbrio com mais facilidade.

Cuidados com o sol

Assim como todas as pessoas, também as gestantes não podem abrir mão de um protetor solar diário. Para as futuras mamães, o dr. Corintio recomenda aqueles com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 30, especialmente no rosto, que deve ser reaplicado com um intervalo máximo de duas horas.

Com estamos no horário de verão, o horário mais indicado para exposição ao sol que costuma ser antes das dez e depois das 16 horas, é agora antes das 11 e após as 17 horas”, lembra.

Além dos riscos comuns a todos, esta exposição na gestação pode ocasionar manchas na pele típicas desta fase.

Além do protetor solar, é importantíssimo o uso diário de hidratantes após o banho para evitar estrias, especialmente na barriga, seios, coxas e nádegas, que são os lugares mais comuns.

Cardápio especial

No ano inteiro, é fundamental que a alimentação da gestante seja saudável e sem exageros. O ideal é comer em pequenas quantidades, várias vezes ao dia e consumir alimentos naturais, como verduras, legumes e frutas. “Além de saudáveis, tais alimentos ajudam a controlar o peso e contribuem para o bom funcionamento do intestino”, afirma o especialista.

Proteínas, encontradas em carnes magras (de vaca, frango ou peixe), ovos, leite e derivados, também são indicadas para a dieta da gestante. Conforme dr. Corintio, o que deve ser bastante controlada é a ingestão de lipídeos e carboidratos, como carnes gordurosas, massas, frituras e doces, em especial sorvetes.

As bebidas alcoólicas também devem ser evitadas, pois podem causar sérios danos ao bebê.

Medicamentos

Também é importante lembrar que diuréticos podem ser extremamente prejudiciais para a gestante e o bebê, motivo pelo qual só serão indicados pelo médico em situações excepcionais”, alerta.

Em relação a vitaminas, independentemente da estação do ano, suplementos como os de ferro ou ácido fólico serão indicados pelo médico. Este último, aliás, deve ser iniciado antes mesmo da gravidez, cerca de dois a três meses antes, para prevenir malformações.

Exercícios liberados

A prática de atividade física é altamente recomendada, principalmente caminhadas e hidroginástica, mas sempre seguindo orientações médicas individuais. “Como regra geral para o verão, os exercícios devem ser praticados nos horários mais frescos da manhã ou no final da tarde”, adverte o médico.

Pré-natal

Durante a gestação, as visitas da gestante ao médico obstetra devem ser regulares, conforme sua orientação. Geralmente são mensais até o sétimo mês, quinzenais no oitavo e semanais no último mês. Nestas ocasiões, além de tirar todas as suas dúvidas, a gestante será avaliada e serão solicitados todos os exames e fornecidas todas as recomendações até a próxima consulta. Todas as orientações devem ser seguidas à risca, evitando sustos e complicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *