Meio século da pílula

Cirurgia estética genital: a quebra do tabu
12 de março de 2019
Interrupção da menstruação: vantagens e desvantagens
18 de março de 2019

Meio século da pílula

A pílula anticoncepcional completou este ano 50 anos de existência. Neste período, tivemos marcos importantes, como a redução gradativa das doses de etinilestradiol, que dos originais 150mcg hoje são apenas 15mcg. Outro avanço importante foi a entrada de novos porgestágenos, como a drospirenona, que diminui a retenção líquida, beneficiando o sistema metabólico. Os avanços mais recentes foram o desenvolvimento de anel vaginal, adesivo cutâneo e do sistema intrauterino com progestágeno.

Para o futuro ainda podemos esperar novas descobertas, como a individualização na flexibilidade dos regimes anticoncepcionais, nos quais as mulheres poderão determinar até quando utilizar a pílula sem interrupções, tendo o sangramento quando desejarem.

O dr. Rogério adianta uma novidade já em fase de lançamento. “A grande para 2011 é a pílula com estrógeno natural, indicada para as mulheres que não podem utilizar hormônios sintéticos. A intenção é sempre melhorar, aumentando a abrangência e reduzindo os riscos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *