Imunoterapia no tratamento do câncer de mama

Vaginose Bacteriana
3 de outubro de 2019
Isabela Garcia reforça seleção de madrinhas da campanha Mulher Coração
9 de outubro de 2019

Imunoterapia no tratamento do câncer de mama

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou em maio deste ano a primeira imunoterapia para tratar pacientes com câncer de mama, de acordo com publicação do Diário Oficial. O tratamento se resume ao uso de anticorpos monoclonais, estimulando o sistema imunológico. Ou seja, a técnica deve estimular as células de defesa do próprio organismo da mulher contra a mulher, não visando as células do tumor. 

A aplicação é intravenosa e tem poucos efeitos colaterais, todos resultando na ativação imunológica do corpo, muitas vezes causando o ataque das células de defesa a tecidos e órgãos. 

O oncologista dr. Carlos Barrios, participou do estudo que aponta que o tratamento, junto a quimioterapia, pode aumentar a sobrevivência do paciente e frear o crescimento do tumor, publicado na revista científica The New England Journal of Medicine no ano passado. Ele afirma que em pacientes com triplo-negativo avançado ou metastático esse tratamento se torna preferencial na prática clínica.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *