E o coração depois do parto, como fica?

É possível conciliar a gestação e a cardiopatia?
15 de janeiro de 2020
Corpo em movimento: os benefícios do exercício
20 de janeiro de 2020

E o coração depois do parto, como fica?

Para mulheres com doenças no coração, o período pós-parto é o mais crítico. Isso porque, ao se preparar para dar luz ao bebê, o organismo passa por diversas transformações. Ao longo dos nove meses de gestação, o corpo vai aumentando a quantidade de líquido e sangue em circulação, bem como a frequência dos batimentos cardíacos. Os vasos sanguíneos da perna e do abdômen, por exemplo, são reacomodados, gerando mudanças ainda maiores.

Tudo isso acontece naturalmente para que a mulher esteja apta à chegada do bebê. Porém, após o nascimento, boa parte do líquido que estava, até então, acumulado volta à circulação ativa, podendo sobrecarregar os pulmões e principalmente o coração.

A doutora Maria Rita Bortolotto, médica gineco-obstetra e diretora técnica da Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, ressalta que dois terços das pacientes cardíacas podem desenvolver graves complicações no período pós-parto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *