Os perigos da Sífilis em gestantes

Sífilis: proteja-se
11 de fevereiro de 2020
Você sabe o que é uma doula?
17 de fevereiro de 2020

Os perigos da Sífilis em gestantes

Segundo dados divulgados pela Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP), entre 2016 e 2017, casos de Sífilis em gestantes aumentaram 14,7%. Apesar de ter cura, se a doença não for tratada e diagnosticada a tempo, pode causar problemas cardíacos, neurológicos, entre outros. Se a mulher estiver grávida, os perigos são ainda maiores. 

    A mulher gestante e portadora corre o risco de abortar ou acontecer a Sífilis congênita, quando o bebê nasce com a doença e pode ter uma série de alterações ósseas, na pele e dentárias. Além disso, outras complicações são microcefalia, prematuridade e problemas renais. Por esses motivos, o ideal é realizar a sorologia para Sífilis antes de engravidar, durante a gravidez e no momento do parto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *