Sífilis: proteja-se

Como enfrentar o climatério?
3 de fevereiro de 2020
Os perigos da Sífilis em gestantes
14 de fevereiro de 2020

Sífilis: proteja-se

A Sífilis é uma infecção bacteriana de transmissão sexual que, apesar de curável, pode apresentar grandes riscos à saúde da mulher. Em média, três semanas após a aquisição da bactéria, surgem lesões na região genital. Entretanto, por ter períodos sintomáticos e assintomáticos, a demora no diagnóstico pode causar a progressão da infecção para outras partes do corpo, como pele, palmas das mãos e plantas dos pés. 

    As lesões também somem sem tratamento, mas a bactéria permanece no organismo: É aí que mora o perigo. De acordo com a a Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP), este tipo de evolução atrasa o diagnóstico da doença e, após anos, há riscos de sérios agravos à saúde. Os testes de detecção da Sífilis estão disponíveis na rede pública, mas a melhor maneira de se prevenir é usando o preservativo em todas as relações sexuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *