Familiar com COVID-19: e agora?

Xô, dor nas costas
30 de junho de 2020
Convívio com idosos durante o isolamento
7 de julho de 2020

Familiar com COVID-19: e agora?

Segundo material disponibilizado pela Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP), ao receber um familiar suspeito ou contaminado por COVID-19, é preciso saber preparar a casa para recebê-lo mantendo a segurança dos demais moradores.

Além dos hábitos que já se tornaram parte do cotidiano, como lavar bem as mãos, colocar o cotovelo na frente do nariz e da boca ao espirrar e manter distância de, no mínimo, 1 metro entre as pessoas, outras precauções também são necessárias. Confira:

  • Manter as janelas abertas para a circulação do ar.
  • Proibir visitas e a livre circulação do doente pelas áreas comuns.
  • Caso haja um cuidador, este deve estar sempre munido de luvas e máscara cirúrgica no momento do contato.
  • Se houver apenas um quarto, este deverá ser destinado ao paciente, enquanto os demais moradores utilizam os outros cômodos.
  • A higienização dos ambientes e o não compartilhamento de utensílios pessoais também ajudam a evitar o contágio dos demais familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *