Nova apoiadora: Virna Piovezan (ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei)
30 de setembro de 2020
Precisamos falar sobre preservação da fertilidade feminina
6 de outubro de 2020

Endometriose: por que dói?

A endometriose é caracterizada pela presença do endométrio – tecido que reveste a cavidade uterina – fora do útero. Normalmente, a mulher elimina o endométrio durante a menstruação, mas, em alguns casos, as células podem migrar no sentido oposto e acabar instalando-se na cavidade abdominal. Assim, elas se multiplicam e criam uma reação inflamatória, ou seja, dor.

A endometriose é um problema comum, que atinge uma a cada seis mulheres em período reprodutivo. A doença tem maior chance de ocorrer se houver outros casos na família. Ela está associada à ocorrência de infertilidade, a depender da extensão da doença. Aproximadamente 50% do casos de infertilidade feminina podem ter a endometriose como uma das principais causas.

A dor é praticamente um sinônimo da doença. Na grande maioria dos casos, mulheres sofrem com cólicas menstruais fortíssimas, a ponto de incapacitar a paciente nas tarefas do cotidiano. Além disso, a dor também pode aparecer durante as relações sexuais e fora do período menstrual. Algumas medidas auxiliam no alívio do incômodo provocado pela doença, como a prática regular de atividades físicas, compressas de água quente e o uso de anticoncepcional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *