Os cuidados com a Covid-19 continuam
23 de abril de 2021
Importância da vacinação infantil
12 de maio de 2021

Alimentação na pandemia

Dados de pesquisa incentivada pelo CNPq registram alterações sensíveis nos hábitos alimentares das mulheres brasileiras durante a pandemia da Covid-19. O estudo, de autoria da Profa. Carolina Nicoletti Ferreira Fino, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, e do Prof. Bruno Gualano, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP, analisou reações e sensações relacionadas às dietas na quarentena e em virtude do isolamento social.
“Formamos o grupo com o seguinte critério de inclusão: pessoas do sexo feminino, com idade igual ou superior a 19 anos, de todo o território nacional. Isso porque em geral elas são mais focadas em adotar uma alimentação saudável e mais propensas ao ‘comer emocional’” explica Carolina.
A pesquisa ocorreu via plataforma do Google Forms. O questionário abrangia desde aspectos socioeconômicos a costumes referentes às práticas alimentares.

Delivery
Os principais resultados mostram considerável aumento no consumo de comida pronta de delivery (+146%). Entre os pratos mais solicitados: comidinhas caseiras, doces e pizza. Porém, também se observou um boom na arte de cozinhar (+28%) e de sentar-se à mesa para as refeições (+40%).
Mulheres na faixa do chamado peso-padrão (eutróficas) se referiram mais comumente a questões como “saúde” e “conforto afetivo” como determinantes em suas escolhas. Àquelas com sobrepeso, foram preponderantes “prazer e conveniência”, além de “saúde”. O grupo considerado obeso citou especialmente “apelo visual” e “prazer” como base de tomada das decisões alimentares.
“Com a pandemia do novo coronavírus e em função do isolamento social, também há complicadores potenciais à luta contra a balança de origem social: a pobreza e eventual desnutrição, a elevação do consumo calórico e o sedentarismo, que certamente provocam obesidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *