Importância da vacinação infantil

Alimentação na pandemia
5 de maio de 2021
Isolamento social em equilíbrio
19 de maio de 2021

Importância da vacinação infantil

Uma das medidas mais importantes para a prevenção de doenças é a vacinação. Ela nos protege contra os vírus e bactérias que provocam vários tipos de doenças graves, ocasionando em mais visitas ao médico, aumentando o risco de desenvolvermos complicações e até com um real potencial de morte.


A vacina estimula o corpo a se defender contra organismos que provocam as doenças, e são produzidas a partir de organismos enfraquecidos, mortos ou alguns de seus derivados. Quando a pessoa é vacinada, seu corpo detecta a substância da vacina e produz uma defesa, os chamados anticorpos. Esses anticorpos permanecem no organismo e evitam que a doença ocorra no futuro, dando imunidade ao indivíduo.


Essa imunização deve começar bem cedo. Ao nascer, o bebê já recebe a vacina BCG ID, que protege contra a tuberculose, e a primeira dose da vacina de Hepatite B. Ao longo do crescimento, a criança recebe imunizantes para muitas outras doenças, como poliomielite, rotavírus, Tríplice-viral (sarampo, caxumba e rubéola) entre outras. Mas se engana quem pensa que só é preciso tomar vacinas quando criança.


Algumas dessas doses precisam de um reforço, mesmo na fase adulta, como é o caso da vacina dupla tipo adulto, que protege contra difteria e tétano, além da Tríplice-viral. Existem também aquelas em que a validade é mais curta, como a vacina contra o vírus da Influenza (gripe), que tem duração de 6 meses e pode ser tomada anualmente.


Por isso, é importante procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa para manter a sua carteira de vacinação em dia. O cuidado existente quando criança deve continuar por toda a vida!


Fonte: http://www.unimed.coop.br/portal/conteudo/materias/1485449985698CAMPO_MOURAO_manual_vacinacao_na_infancia.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *